Recomeço

ceu

A gente sempre acha que não vai conseguir… até começar. Recomeçar!

O começo é como aquele sapato novo que a gente comprou e que até ficar confortável nos pés machuca, esfola, faz  umas bolhas, mas depois é natural, ele vai se moldando as nossas formas e quando a gente percebe, parece que sempre esteve ali. Comparação infame, mas verdadeira.

Todo começo é assim. Mas, é preciso ir além, começar, recomeçar. Cada dia amanhece de braços abertos esperando por nós, pelo que iremos fazer dele, tudo é questão de escolha. Tudo novo de novo a cada despertar. Você pode começar hoje, se quiser pode ser amanhã, no seu tempo, não há regras e fórmulas, só não deixe de encarar a vida, porque ela muda quando a gente muda. Ela anda quando a gente dá o primeiro passo.

No meio do caminho você pode encontrar pedras, obstáculos, alguns maiores que montanhas que ache impossível de ultrapassar, mas não se engane, não deixe o medo tomar conta de você, respire fundo, estufe o peito e encare aquilo que por algum motivo, porque você sabe, nada é por acaso, apareceu no seu caminho.

Tem coisa mais gostosa que se sentir vitoriosa? Tem coisa mais delícia que perceber que é capaz? A gente não sabe a força que tem até que precise usa-la. Só descobrimos o quão forte somos, quando ser forte é a única opção que nos resta.

Eu poderia chorar sem parar. Eu poderia entrar em depressão. Eu poderia xingar o mundo, Deus e o diabo a quatro e me isolar com o velho lema “ó vida, ó mundo cruel…”, mas não, eu preferi ser forte e encarar o mundo e todas as coisas lindas que eu sei que estão pelo meu caminho, eu sinto. As feias, as complicadas, a gente enfrenta e lá na frente sorri por ter passado por todas elas com a certeza de que eu tudo posso naquele que me fortalece.

Eu não estou dizendo que você não pode sofrer. Você pode, você deve. Mas, não pode escolher viver neste estado. O sofrimento é inevitável, mas a dor é opcional. Não escolha viver na dor. Isso nada irá ajudar, isso nada irá resolver ou mudar. Depois de muito chorar e me questionar sem parar, eu juntei toda a minha força, coloquei um sorriso no rosto e decidi seguir.

No caminho aprendi que ninguém tem o direito de me fazer infeliz. Não deixe que alguém tenha este poder sobre você. A gente não merece isso, não merece nada menos que amor e carinho. Posso te afirmar que quando a gente deixa de lado o papel de vítima, a vida começa a fazer sentido.

Nem sempre a gente vai entender completamente este sentido. Mas, o que sei, é que é preciso passar por certas situações para entender o que é bom e o que é ruim pra gente e que depois que os dias cinzas passam, a gente aprende com que cores queremos colorir o nosso céu.

Ouvindo: Ana Carolina – Uma louca tempestade

Imagem: Flickr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s